Noite gloriosa

Sexta-Feira, 1 de julho de 2016




Na noite de ontem, 30 de junho de 2016, foi decido o Torneio de Veteranos do Clube Estoril, com a tradicional chamada dos classificados e ainda tivemos como oportunidade a quem não se classificou de jogar um jogo amistoso no campo de baixo.

Com a chamada feita tivemos primeiramente a decisão do 3o e 4o lugar, aonde tivemos de capitães o Tony e o Tom, que com os times definidos partiram para o jogo mais como foi praticamente a chamada lavada do time do Tony sobre o Tom, com um placar dilatado vamos nos atentar a principalmente as participações de destaque que foram do Guto e Modesto “o artilheiro das multidões”, que mais uma vez foi implacável com as redes, gols com a marca do artilheiro e o Guto que estava como se diz, impossível, correndo feito guri, parabéns a essa turma.

Mais foi o jogo da decisão que se fez jus, visto o placar apertado e definido com ares de uma final, começando pela divisão dos times que ficou a cargo dos capitães Olavo e Louro José, aonde os especialistas, principalmente o Jiló, aquele que comanda a turma dos “mancos”, apontavam que a experiência do Louro José iria prevalecer, com os times definidos:

- Olavo
- Leandro Tatu
- Claudeir Negão
- Pinduca - Antonio Carlos
- Gabinio
- Camapuã
- Serafá
- Sidney Corpão

- Loró José - Tião
- Ivan
- Claudio Chutador
- Ady
- Paz
- Clovis
- Acumulou
- Truqueiro

Deu se inicio ao jogo da decisão e logo de cara, o time do Louro José já fez dois gols de vantagem no placar, e o que se via era o time capitão Olavo perdido em campo, pois foi montado deixando o Serafá para marcar o Acumulou, Camapuã na Zaga, no meio ficando o Tatu, Olavo e Negão e na frente o Gabinio e o Pinduca, a grande questão foi que o ataque não produziu praticamente nada no primeiro tempo, terminando com 2 a 0 para o Louro José. Seria necessário mudanças.

Foi neste pensamento que a Comissão Técnica da equipe do capitão Olavo, que composta pelo: Pepe Navarro, Guto Guardiola e Soró, passou uma nova formação para o segundo tempo, recuando o Gabinio para a Zaga jogando de lateral e deixando o Pinduca mais a frente, com o meio de campo formando pelo Tatu, Olavo e Negão poderia ser mais ofensivo, com essa nova mudança tática, já no inicio do segundo tempo numa bola enfiada pelo Tatu, o Pinduca escorou e o Tatu chegou batendo, “SEM CHANCES PARA O TRUQUEIRO”, sentido que o esquema deu certo, o time do capitão Olavo partiu para cima e no mesmo ritmo, tendo um melhor controle da posse de bola, fazendo a virada de jogo a todo momento, buscou o segundo gol numa jogada muito plástica do Pinduca que recebeu e colocou por cima e no canto do gol, “SEM CHANCES PARA O TRUQUEIRO”.

Já com o jogo empatado, foi a hora de arrumar a casa e esperar o momento certo para matar o jogo. Pois o Serafá marcando o Acumulou estava sobrando, todos sabem que para marcar o Acumulou já existe aquela velha frase: “Esse a natureza marca”, o Louro José já tomou o seu cartão azul por tanta reclamação, depois não sabe por que chamam ele de Louro José fala mais que a mãe Joana, sendo assim com o jogo dominado e se encaminhando para o seu final, bastaria um gol para que o campeão fosse proclamado, foi isso que aconteceu, com a bola de pé em pé pelo time do capitão Olavo, começou saindo do lado esquerdo e feito a virada para o lado direito e num lance individual o Negão passou pela zaga e colocou rasteira no cantinho do gol, “SEM CHANCES PARA O TRUQUEIRO”.

Estava declarado o campeão, mais uma para galeria. Ai apareceu os comentários:

- LOURO JOSÉ JÁ É FREGUÊS
- ME DESCULPA IVAN, NÃO DEU PARA CHEGAR NELA
- CHUPA JILÓ
- A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: “CADÊ O TRETAVICE DO CORPÃO?”


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK HASAHSUHASUHAUSHUAHSHSHASHAA






No mais vamos ficar no aguardo de mais decisão no sábado. Para que não haja duvidas:

CHAMADA: 15:30

>>> 1o jogo às 16:00 e 2o jogo às 17:00.



Faça seu login ou crie uma conta para comentar!

0 Comentário